Atacada por petistas, Marília se desculpa por não ter votado contra vacinação privada

Atacada por petistas, Marília se desculpa por não ter votado contra vacinação privada
Foto: Reprodução/Redes Sociais

A deputada petista Marília Arraes, de Pernambuco, absteve-se ontem à noite na votação na Câmara do projeto de lei que amplia as possibilidades para a vacinação privada contra a Covid no Brasil.

O PT orientou voto contrário à proposta.

Atacada nas redes sociais pela militância petista, Marília divulgou uma nota há pouco pedindo desculpas por sua postura na votação.

Venho aqui reconhecer meu erro e me desculpar com a nossa militância, com o PT, com o Brasil. Sigo firme na defesa da ciência, do SUS, da vacinação universal, do auxílio emergencial de R$ 600 até o final da pandemia e de toda e qualquer medida que proteja e ampare nossa população e nosso Brasil.”

Ela atribuiu sua decisão de ontem “às dificuldades do distanciamento e ao pouco tempo de discussão” do projeto.

“Eu deveria ter votado e me posicionado conforme todo nosso campo fez, em vez de problematizar e deixar de votar.”

Leia mais: Assine a Crusoé e apoie a o jornalismo independente.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO