Até dois anos para derrubar Cunha

Assim como Dilma, Cunha pretende se safar explorando todos os prazos legais possíveis. Para isso, estaria preparando uma série de medidas protelatórias para atrasar ao máximo o processo de cassação junto ao Conselho de Ética.

Um aliado do presidente da Câmara afirmou ao Estadão que, se assim quiserem os apoiadores de Cunha, o trâmite do processo pode se arrastar por até dois anos.

Mais cedo, Cunha havia declarado a O Globo que tinha absoluta certeza de que sairia do cargo apenas em janeiro de 2017, quando termina o mandato como presidente da casa. Agora está mais claro o motivo de tanta certeza.

Faça o primeiro comentário