Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Até o dinheiro para pesquisa científica é desviado

PF apura desvio de recursos e projetos de pesquisa financiados pela Finatec, vinculada à UnB, e pelo CNPq, ligado ao Ministério da Ciência e Tecnologia
Até o dinheiro para pesquisa científica é desviado
Foto: Herivelto Batista/MCTIC/Divulgação

A Polícia Federal deflagrou também nesta manhã a Operação Klopês, com o objetivo de apurar esquema de desvio de recursos e projetos de pesquisa financiados pela Fundação de Empreendimentos Científicos e Tecnológicos (Finatec), vinculada à Universidade de Brasília (UnB) e, pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq).

Cerca de 50 policiais federais cumprem 11 mandados de busca e apreensão, no Distrito Federal e em Minas Gerais e, de sequestro de bens e valores na ordem de R$ 2 milhões, expedidos pela 10ª Vara Criminal Federal do Distrito Federal.

Segundo a PF, a investigação foi iniciada a partir de Relatório de Auditoria da CGU, revelando possível esquema de desvio de recursos públicos entre os anos de 2015 e 2020, em projetos que receberam mais de R$ 10 milhões.

“Os alvos da operação usavam diárias para pagamento de viagens não relacionadas ao objeto dos projetos; transferiam valores dos projetos para a conta pessoal do coordenador de um dos projetos; realizavam pagamentos em duplicidade a bolsistas beneficiados e utilizavam recursos dos projetos para financiar despesas com aquisição de itens supérfluos, bem como para pagamento de aluguel de imóvel de luxo em Brasília.”

Os envolvidos responderão pelos crimes de peculato e lavagem de dinheiro, com penas de prisão que podem chegar a 22 anos.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO