Atenção, Folha

Carlos Fernando dos Santos Lima enfatiza que, para executar a operação de hoje, não foram usadas delações premiadas ou acordos de leniência ainda não homologados pela Justiça.

Faça o primeiro comentário