Ativista bolsonarista também é demitido de rádio e jornal gaúchos

Ativista bolsonarista também é demitido de rádio e jornal gaúchos
Foto: Reprodução/YouTube/Rodrigo Constantino

O ativista bolsonarista Rodrigo Constantino também foi demitido da rádio Guaíba e do jornal Correio do Povo, ambos do Rio Grande do Sul.

Em uma live publicada no seu canal no YouTube, Constantino disse que, se a filha dele chegasse em casa e dissesse que foi estuprada depois de beber muito numa festinha, ficar com homens e dormir fora, “ela ficaria de castigo feio. Eu não vou denunciar um cara desses para a polícia. Eu vou dar esporro na minha filha. Porque alguma coisa ali ela errou, e eu devo ter errado”.

“Diante dos fatos recentes e em sintonia com a decisão tomada pelo Grupo Record, a Rádio Guaíba e o jornal Correio do Povo optaram por rescindir o contrato com o colunista Rodrigo Constantino, que ocupava espaços semanais na rádio e também no jornal”, escreveu o Correio do Povo em comunicado.

Ontem, o ativista bolsonarista já havia sido demitido pela Jovem Pan. Hoje, mais cedo, foi dispensado pela Record.

Leia mais: Apoie o nosso jornalismo investigativo, analítico e independente.
Mais notícias
TOPO