Ato contra o impeachment

Uma homenagem a Augusto de Campos, no Palácio do Planalto, transformou-se em homenagem a Dilma Rousseff e ato contra o impeachment.

O evento, organizado pelo Ministério da Cultura e dirigido por Bia Lessa, contou com Caetano Veloso, Arnaldo Antunes e Marcelo Yuka.

Custou 1,1 milhão de reais.

Dilma desce a rampa com o Ministro da Cultura (Folha)