ACESSE

Audiências na comissão da prisão na 2ª instância serão por videoconferências

Telegram

O deputado Marcelo Ramos (PL), presidente da comissão especial para debater as propostas de retomada da prisão na segunda instância, disse a O Antagonista que o avanço do novo coronavírus não vai atrapalhar o cronograma do colegiado.

“Está mantido o calendário. As audiências públicas serão por videoconferência.”

O convidado e os integrantes da comissão poderão participar de onde quiserem.

“O parlamentar poderá estar na Câmara ou acompanhar por vídeo. Eu estarei na Câmara.”

Para o próximo dia 25, está prevista a última audiência pública. Em seguida, haverá sessão de debates e, então, a votação do relatório do deputado Fábio Trad (PSD), antes de a matéria ser analisada no plenário.

Leia também: Governo Bolsonaro: falta fazer política

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 5 comentários