Áudio: "Por favor, gente, não me crucifiquem", pede Luislinda

Também na entrevista concedida à Rádio Gaúcha, nesta manhã, Luislinda Valois diz que quer saber “como vai comer com o salário de ministra”.

“Meu Deus, mas é algum pecado, eu pergunto à senhora (à repórter), eu fazer alguma analogia? Eu acho que eu não pequei. Eu acho que eu não errei. Por favor, gente, não me crucifiquem.”

Escute a íntegra da entrevista clicando aqui embaixo:

Comentários

  • Isac -

    Que providenciem prá ela ao menos um salario mínimo + 1 cesta básica, gente!

  • Tiago -

    Essa tem toda a pinta de ser uma daquelas figuras que, a despeito do belíssimo salário que receberam ao longo da vida e do status que desfrutam às custas de milhões de brasileiros famintos, sempre se alegaram vítimas de "preconceito", heroínas que romperam as "barreiras sociais", credoras de uma "reparação histórica", e outras cretinices.

  • Lucio -

    Pecou sim!!! Cruz para ela, já!

Ler 62 comentários