Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Áudios mostram que coronel Blanco intermediou contato entre Dias e Davati

O ex-assessor do Departamento de Logística orientou representantes da empresa sobre como acessar o chefe do setor
Áudios mostram que coronel Blanco intermediou contato entre Dias e Davati
Foto: Najara Araújo/Câmara dos Deputados

Áudios que estão em posse da CPI da Covid obtidos pelo Estadão indicam que o coronel Marcelo Blanco, ex-assessor do Departamento de Logística do Ministério da Saúde, intermediou o contato entre representantes da Davati Medical Supply e Roberto Dias, então chefe do setor na pasta.

Roberto Dias foi exonerado em 30 de junho, por causa da suspeita de que teria pedido propina na negociação com a empresa. Ele queria US$ 1 sobre cada uma das doses oferecidas, 400 milhões do imunizante da AstraZeneca.

As mensagens com as orientações foram enviadas ao representante Cristiano Carvalho cerca de 40 dias após o militar deixar o ministério.

No dia 3 de março, Blanco deu a Cristiano orientações de como chegar a Roberto Dias.

“Então, me faz uma gentileza, faz em nome do Roberto e manda naquele e-mail dele, do Roberto, né, e do DLOG. São dois e-mails que eu passei para o [Luiz Paulo] Dominghetti. Dele, Roberto, institucional, e do próprio departamento institucional. Entendeu?”

Em um outro áudio Blanco menciona:

“Cristiano, só uma dúvida aqui. A representação não ia se dar por intermédio do Dominguetti? Ou eu entendi errado? É, porque aí no caso é você representando, né? Nessa carta, né?”

As mensagens foram enviadas depois do jantar de 25 de fevereiro, quando, segundo Luiz Paulo Dominguetti, ocorreu o pedido de propina.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO