Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Augusto Aras, o pizzaiolo da CPI

Uma eventual mudança de postura do procurador pode evitar que a comissão termine "em pizza"
Augusto Aras, o pizzaiolo da CPI
Foto: Divulgação/MPF

A eventual recondução do PGR, Augusto Aras, ao cargo pode evitar que a CPI da Covid “termine em pizza” e dar força aos pedidos de impeachment de Jair Bolsonaro, diz a Crusoé.

“O sonho do presidente é que a CPI acabe no começo de agosto e que Aras, de olho na sua recondução, enterre qualquer possibilidade de investigação sobre ele. Parlamentares da oposição, no entanto, já trabalham em favor da prorrogação dos trabalhos da comissão por 90 dias.”

“Eles entendem que Aras, após já ter renovado o mandato, poderá adotar uma postura mais independente a fim de preservar a própria imagem. Sob o comando dele, a PGR tem atuado hoje de maneira bastante alinhada com o Planalto.”

Leia mais aqui.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO