ACESSE

Augusto Nunes: "Eu reagi como qualquer homem reagiria"

Telegram

Augusto Nunes se manifestou sobre a briga com Glenn Greenwald durante o programa Pânico, da Jovem Pan.

“Eu fui insultado moralmente. Aí adverti para que ele não usasse a palavra ‘covarde’, que é insultuosa, que é grave. Adverti cinco vezes, ele insistiu. Eu tinha duas opções: ou reagir com altivez ou engolir o insulto. Não tive alternativa”, afirmou o jornalista à Folha.

“Eu reagi como qualquer homem reagiria”, completou. “O agredido fui eu. Eu reagi a uma agressão.”

Augusto Nunes disse mais:

“Eu me sinto completamente tranquilo. Saí de lá em paz comigo mesmo. Não havia o que fazer.”

Exclusivo: PF já sabe a quem hacker tentou vender mensagens roubadas da Lava Jato.

Comentários

  • Elisa -

    Não entendo por que se dá tanta importância e atenção a esse gringo pederasta! Nem mesmo em sua terra natal se permitem a sua permanência!!!

  • ANDREA -

    Boa, Augusto!!! Isso mesmo!! Não se pode ofender um homem honrado dessa forma!! Fez o que a maioria doa brasileiros, honrados, tinham vontade de fazer!!! O admiro ainda mais !!

  • DULCE -

    #TODOS SOMOS AUGUSTO NUNES! MEU HERÓI ! Como pode um americano persona non grata em seu país vir aqui e botar banca, influenciando até o STF?

Ler 326 comentários