'Aumentou ainda mais a tensão' entre os caminhoneiros, diz confederação

Ontem, no fim do dia, a Confederação Nacional dos Transportadores Autônomos (CNTA) divulgou um comunicado informando que a confirmação do reajuste do diesel “aumentou ainda mais a tensão instalada na categoria, que carrega desde o ano passado a frustração de não ter a Lei do Piso Mínimo do Frete cumprida”.

Como já noticiamos, uma das lideranças dos caminhoneiros anunciou greve para o próximo dia 29. A O Antagonista, o ministro Onyx Lorenzoni disse que a maioria da categoria está satisfeita e que o governo continuará aberto ao diálogo.

Comentários

  • Pedro -

    As FFAA já deviam ir se preparando para intervirem, caso se configure nova paralização. Quem estes caras pensam que são? Lulladrao e Dilmandioca financiaram caminhões a rodo e agora há uma supe

  • Jose -

    Para se fazer comentario, tem que consiliar conhecimento com etica (EDUCACAO no minimo) . Para si administrar uma empresa tem que saber os custos dela. Assim é um caminhao rodando.

  • Marcelo -

    Indo por esse caminho, os caminhoneiros não melhorarão de vida e nunca acharão o caminho de casa.

Ler 55 comentários