Avancini confirma ao TSE propina de R$ 100 milhões

Dalton Avancini, ex-presidente da Camargo Corrêa, confirmou em depoimento ao TSE que pagou R$ 100 milhões em propinas por contratos, informa Andréia Sadi. Avancini não detalhou as obras nem as datas.

O Antagonista já publicou que o dinheiro saiu de obras de Belo Monte e abasteceu o PT e o PMDB.