ACESSE

Ayres Britto diz que vê “com muitas ressalvas” pacto entre Poderes

Telegram

Em sua entrevista ao Globo, Carlos Ayres Britto, ex-presidente do STF, comentou sobre o pacto entre os Poderes proposto pelo ministro Dias Toffoli:

“Vejo isto com muitas ressalvas. Os Poderes só devem pactuar com a Constituição. Há até um certo compartilhamento de funções entre Executivo e Legislativo, mas o Judiciário não tem nada a ver com isso. Até porque, quando se mete a se familiarizar com os outros Poderes, o Judiciário termina cooptado. Quanto mais os Poderes seguirem a Constituição, menos vão depender um do outro. Que cada qual fique no seu quadrado normativo, e a harmonia será uma resultante.”

Bolsonaro e Toffoli: acordão à vista. Leia aqui

Comentários

  • Claudia -

    Carlos Bolsonaro:seu pai faria História:junto c Flávio/investigadores caso flavio-Queiroz fosse às TV:abrisse tudo.Se há erro, como pai e presidente seria aplaudido e reeleito! Livre pactos perversos

  • Alberto -

    É a voz de quem sabe.Pacto entre os poderes só se for pela constituição. Nada de ação entre amigos entre os poderes. Cada um no seu pedaço.

  • Fabio -

    Excelente colocação, não há lugar na constituição para o compadrio, a independência entre os poderes é basilar no estado democrático e a harmonia sua consequência. Uma proposta de pacto é dissonante.

Ler 89 comentários