Ayres Britto: “O STF não precisa ser senão o que ele tem sido”

Sem querer entrar no mérito das recentes polêmicas envolvendo o Supremo Tribunal Federal e, principalmente, sobre os novos áudios da JBS, o ex-presidente do STF Carlos Ayres Britto recomenda aos colegas “serenidade, sensatez e equilíbrio”.

“O STF não precisa ser senão o que ele tem sido: a instituição símbolo da independência política, da exemplaridade ética, da notabilidade técnico-jurídica e do mais firme equilíbrio psicológico.”

Confira aqui os demais trechos da entrevista a O Antagonista:

Ayres Britto: “Estamos, sim, acertando os passos das nossas instituições”

Ayres Britto: “Eles não largam o osso, não desistem, não, desta pugna”

Ayres Britto: “O cerco está se fechando contra os predadores institucionais”

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

  1. Me desculpe Ayres Brito!!! Vcs do STF são todos uns porcos e hipocritas, vcs sabem o que fazem! O Judiciário Brasileiro tem que mudar parar com este negócio de indicação politica e assumir por concurso publico e subindo na carreira! Tudo quadrilha! A sociedade não acredita mas em vcs!!

  2. Ler mais 32 comentários
    1. Me desculpe Ayres Brito!!! Vcs do STF são todos uns porcos e hipocritas, vcs sabem o que fazem! O Judiciário Brasileiro tem que mudar parar com este negócio de indicação politica e assumir por concurso publico e subindo na carreira! Tudo quadrilha! A sociedade não acredita mas em vcs!!

      1. Concordo com Francisco. Há no STF, no mínimo 3 juízes sem a mínima respeitabilidade, que são Gilmar Mendes, Lewandowski e Toffoli. Respeito e admiro o ex-ministro Ayres Britto, pela condução impecável do julgamento do Mensalão, mas ele não está querendo ver, ou está sendo corporativista ou quer, de qualquer maneira, defender a instituição STF.

    2. ““O STF não precisa ser senão o que ele tem sido” NO FAZ DE CONTA “: a instituição símbolo da independência política, da exemplaridade ética, da notabilidade técnico-jurídica e do mais firme equilíbrio psicológico.”

    3. Pois é, Dr. Ayres. Só o Renam tem 17 processos parados nessa corte “respeitável”. E já fazem mais de 10 anos quando o primeiro processo foi aberto!
      Outros políticos têm 14, 13, 10 processos. Alguns já duram vários anos.
      Mas os HCs para soltura de criminosos saem do forno no dia seguinte!
      Onde está o respeito Dr. Ayres.
      O Sr. virou político também, mentindo como eles? Tudo o que falta nessa Instituição é respeito:
      Respeito pelos homens de bem deste país, e tudo o que sobra é afronta à justiça verdadeira!

      1. Aliás, muitos desses processos estão lá desde a época do Dr. Ayres.
        O que tem a dizer sobre isso Dr. Ayres?
        Responda, em respeito ao povo brasileiro, porque os processos dos políticos corruptos não são julgados?

    4. Dr. Ayres, eu entendo que o sr. queira defender uma Instituição por onde passou, mas essa mesma instituição é o maior símbolo da Iniquidade e da Impunidade na História deste país.
      O que menos existe ali é respeitabilidade.
      Homens como Gilmar Mendes, com uma boca que só afronta o país, não pode ser símbolo de respeitabilidade.
      Homens que julgam com partidarismo e que soltam ou protegem criminosos não podem ter o selo de respeitabilidade que o sr. se refere.
      Tudo o que essa Instituição tem feito, de forma teatral em suas sessões, é desrespeitar a Justiça Verdadeira, com práticas iníquas em favor dos poderosos e perpetuando a impunidade entre os criminosos de colarinho branco.
      Não adianta repetirem a exaustão palavras boas sobre essa Corte: Ela é Iníqua, corrupta e protetora dos corruptos!
      Seria melhor para o Brasil 10 juízes de 1a. Instância do quilate do Dr. Moro, do que essa Corte de caríssima e inócua para promover a justiça no país.
      Ao invés de respeito, essa Instituição é um peso para a nação e uma Vergonha Nacional; não deveria existir!

    5. Discordo do ex-ministro Britto. A história do STF, inclusive a mais recente, nos mostra que o STF nem sempre esteve ao lado da Constituição e das mais justas aspirações populares, por exemplo, sua omissão absurda relativamente ao desfecho do julgamento de Dilma no Senado e no TSE, presididos por seus ilustres e eminentes membros. Menos Dr. Ayres Britto!

    6. O problema, digníssimo ex-presidente do STF, Carlos Ayres Britto, é que alguns de seus componentes não nos inspiram mais confiança. Só para ficar em um único exemplo; o juiz Lewandowsky rasgando a constituição quando marotamente preservou os direitos políticos da pior presidente que este país já teve! O resultado está aí! Prestes a virar ré! E agora?
      Sinto vergonha, mais que desconfiança.

    7. “O STF … a instituição símbolo da independência política, da exemplaridade ética, da notabilidade técnico-jurídica e do mais firme equilíbrio psicológico.”
      em…ele deve estar falando do STF americano…alemão…ingles…etc

    8. Em q planeta essa criatura mumificada e COMPLETAMENTA ALHEIA À REALIDADE vive?
      Ou ele está falando do Supremo de qq outro país, ou precisa de ajuda profissional, pois apresenta completa falta de enxergar a realidade escancaradamente despudorada daquela lupanar q é o STF.

    9. “O STF não precisa ser senão o que ele tem sido: a instituição símbolo da independência política, da exemplaridade ética, da notabilidade técnico-jurídica e do mais firme equilíbrio psicológico.”
      Qual a idade deste cidadão ??
      Só pode estar senil, ou então é mais um que gosta de escarrar na cara do bananeiro.

    10. O STF tem sido o braço legal da quadrilha petista que instalou no Brasil o governo mais corrupto de nossa história.
      Seus membros não tem a menor condição de exercerem os cargos que receberam das mãos de chefes de bandos.

    11. Ética? Independência política? Notabilidade técnico-jurídica? Acho que o Britto não tem acompanhado as decisões de alguns dos colegas. Além do mais, ele fez parte de uma instituição que sempre levou décadas para julgar, dando, na prática, imunidade para muitos ladrões que ainda dilapidam o país.

    12. Façamos assim, guardemos as gravações do Joesley incriminando STF em sigilo e só entreguemos aos honoráveis ministros depois que eles tenham julgado ao menos um processo de políticos com foro privilegiado. Assim vão aprender a esperar ansiosamente como faz a populacão brasileira aguardando julgamentos do STF.

    13. Me perdoe, senhor Ayres, a quem tenho respeito mas o senhor ao citar: “a instituição símbolo da independência política, da exemplaridade ética, da notabilidade técnico-jurídica e do mais firme equilíbrio psicológico.” disse tudo o que o STF NÃO É!!!!

    14. Por que não estranho as ausências dos ministros Gilmar Mendes, Alexandre Barros, Ricardo Lewandowiski e Dias Toffoli na sessão de hoje do STF? São os colarinhos brancos do STF???

    15. Por que não estranho as ausências dos ministros Gilmar Mendes, Alexandre Barros, Ricardo Lewandowiski e Dias Toffoli na sessão de hoje do STF? São os colarinhos brancos do STF???