Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Aziz diz que Queiroga agiu como "marginalzinho" ao mostrar dedo a críticos

O presidente da CPI afirmou, em entrevista, que o ministro, que pode ser reconvocado, é subserviente ao presidente Jair Bolsonaro
Aziz diz que Queiroga agiu como “marginalzinho” ao mostrar dedo a críticos
Foto: Marcos Oliveira/Agência Senado

O presidente da CPI da Covid, Omar Aziz, afirmou nesta segunda-feira (27) que o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, se comportou como um “marginalzinho” em Nova York, quando mostrou o dedo do meio a manifestantes contrários a Jair Bolsonaro.

Em entrevista à TV Cultura, o senador disse que essa não é uma atitude que se espera de um ministro.

“O Queiroga, que é médico, ele dá cotoco lá nos Estados Unidos para as pessoas, mostra o dedo do meio. Veja bem, olha o ministro da Saúde! Você espera isso de um marginalzinho, de uma pessoa sem qualificação nenhuma, mas de um ministro de Estado? Qual a diferença entre eles dois? Nenhuma.”

Segundo Omar, Queiroga é subserviente a Bolsonaro.

O presidente manda o cara estudar, ‘olha, estuda isso e já pode tirar a máscara’. Ele abre um estudo. É um cara ‘sim, senhor, não, senhor’.”

Como mostramos, o ministro mudou a orientação para a vacinação de adolescentes após uma cobrança do presidente.

Integrantes da CPI defendem que Queiroga seja reconvocado para explicar o caso. O ministro está com Covid e ainda não pode depor.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO