Baixa presença de poderosos

Pelas últimas contas, 25 chefes de Estado devem ir ao Rio, para assistir à abertura dos Jogos Olímpicos. É quase metade do previsto no mês passado.

Repetindo: em Pequim e Londres, foram mais de cem.