A bajulação de Gleisi

A Época registra que os gestos de Gleisi Hoffmann irritaram apoiadores do partido na reta final da campanha presidencial.

“Enquanto o candidato do partido, Fernando Haddad, tentava se descolar da imagem do petismo e negava a possibilidade de perdoar a pena do ex-presidente Lula, Gleisi deu uma declaração no fim de semana do segundo turno dizendo que soltar Lula seria um objetivo do PT.”

A revista acrescenta que “para alguns petistas, esse e outros gestos da senadora são tentativas de agradar ao ex-presidente e manter seu apoio a Gleisi na disputa pelo comando do PT, no meio de 2019”.

Quem se importa?

A grande imprensa está, é claro, atrasada no episódio do convite de Bolsonaro a Sergio Moro... LEIA AQUI

Temas relacionados:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

Ler mais 45 comentários
  1. A inteligência do novo governo deveria trabalhar no sentido de tirar alguns nomes da mídia, e agilizar o julgamento deles, tais como: Gleisi, Dilma, Haddad, Lula, Aécio, Renan, Juca, etc

  2. Como diz os Americanos; ” A bitch will always be a bitch, no matter what clothes she’s wearins” – “uma vadia sempre será uma vadia, não importa a roupa que ela estiver usando”.