Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Baleia Rossi chama Guedes de 'negacionista tributário'

Baleia Rossi chama Guedes de negacionista tributário
Foto: Marcos Corrêa/PR

Em artigo para a Folha, Baleia Rossi, presidente do MDB e candidato à presidência da Câmara derrotado por Arthur Lira, classificou a atitude de Paulo Guedes como “negacionismo tributário”.

“Tanto a Câmara quanto o Senado esperaram em 2019 por uma proposta de reforma tributária elaborada pelo Ministério da Economia. O documento jamais apareceu. Nunca passou de reportagens de jornais, muitas das quais tiveram o Ministério da Economia como fonte em ‘off’”, escreveu Baleia.

O emedebista também criticou o Ministério da Economia por, segundo ele, “bombardear” duas propostas de reforma tributária —a PEC 45, apresentada por ele, e a PEC 110, que Davi Alcolumbre apresentou ao Senado.

“O governo falhou em participar do debate, propondo alternativas para o que considerasse inoportuno nesses projetos. Fez o contrário. Bombardeou as duas propostas com declarações desencontradas, idas e vindas e, mais recentemente, convencendo o presidente da Câmara (…) a extinguir a comissão que analisou a PEC 45 e jogar no lixo o trabalho de 760 dias.”

Baleia afirmou ainda que “tudo o que o governo fez até hoje em relação à reforma tributária foi sabotagem” e que, “no fundo, [Guedes] quer a volta da CPMF com outro nome, o que só aumenta carga tributária”.

“Não é preciso instalar uma CPI para concluir que Paulo Guedes optou pelo negacionismo tributário”, conclui o presidente do MDB.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO