ACESSE

Bancada evangélica cobra Bolsonaro

Telegram

Jair Bolsonaro atropelou o secretário da Receita Federal, Marcos Cintra, depois de ser cobrado pela bancada evangélica.

Segundo a Folha de S. Paulo, o vídeo em que ele desmente o imposto para as igrejas foi gravado na base aérea de Brasília e enviado por WhatsApp aos líderes do grupo antes de ser divulgado nas redes sociais.

No vídeo, ele diz:

“Quero me dirigir a todos vocês, dizendo que essa declaração não procede. Quero dizer que em nosso governo nenhum novo imposto será criado, em especial contra as igrejas, que, além de terem um excelente trabalho social prestado a toda a comunidade, reclamam eles, em parte com razão ao meu entendimento, que há uma bitributação nessa área.”

 

Guerra no Planalto chega ao ápice: "bolsonarismo raiz" versus Mourão. Leia mais

Comentários

  • Sirlei -

    O Presidente,precisa dar menos ouvidos à seus irmãos evangélicos,porque já estão excedendo nos seus direitos de palpitar.Marcos Feliciano o pastor do cartão de crédito é o primeiro que precisa

  • Irene -

    Demite este secretario ele esta Demente ,leva junto o Guedes ele esta so arrochando o povo brasileiro

  • Renato -

    Aí eu pergunto...com aliados burros deste jeito, que não incentivam a formar mais aliados agora em partidos, com interesses, óbvio, como irá governar?

Ler 150 comentários