Bancada evangélica se reunirá amanhã para debater veto parcial de Bolsonaro

Bancada evangélica se reunirá amanhã para debater veto parcial de Bolsonaro
Cleia Viana/Câmara dos Deputados

O deputado Silas Câmara (Republicanos), presidente da bancada evangélica, disse a O Antagonista que o grupo vai se reunir nesta terça-feira (15) para discutir sobre “que caminho tomar” após o veto parcial de Jair Bolsonaro à anistia de débitos das igrejas com o Fisco.

“Na minha opinião, a frente parlamentar deve agir pra derrubar o veto”, antecipou.

Jair Bolsonaro, como noticiamos, sancionou a anistia às multas previdenciárias das igrejas e vetou os débitos referentes à Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL). No entanto, sinalizou o envio de uma PEC para resolver essa questão e pediu que os congressistas derrubem o seu veto.

Marco Feliciano disse que “não existe perdão de dívidas” e culpou o PT por “perseguir as religiões cristãs por meio de tributação ilegal”. Sóstenes Cavalcante disse que a bancada evangélica, claro, vai trabalhar para derrubar o veto e alfinetou Jair Bolsonaro: “Vamos dar os créditos da justiça com as instituições religiosas ao Rodrigo Maia e ao Davi Alcolumbre”.

Leia mais: Bolsopetismo pró-impunidade: bolsonaristas e petistas juntos contra a proposta de prisão de condenados em segunda instância
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO