Banco do Brasil diz ao mercado não ter sido comunicado sobre "suposta destituição" de Brandão

Banco do Brasil diz ao mercado não ter sido comunicado sobre “suposta destituição” de Brandão
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

O Banco do Brasil acaba de divulgar um fato relevante ao mercado dizendo que “não recebeu (…) nenhuma comunicação formal por parte do acionista controlador”, ou seja, o governo federal, sobre “suposta destituição” de André Brandão da presidência da instituição.

“Fatos adicionais, julgados relevantes, serão prontamente divulgados ao mercado”, acrescenta o comunicado, assinado por Carlos José da Costa André, vice-presidente de Gestão Financeira e de Relações com Investidores.

Segundo a CNN, como registramos mais cedo, “integrantes da equipe econômica e executivos do Banco do Brasil dizem que Paulo Guedes teria conseguido convencer Jair Bolsonaro a manter André Brandão na presidência do banco”.

Jair Bolsonaro, como noticiamos ontem, teria ficado insatisfeito com a proposta de enxugamento do banco. Nesta semana, o BB anunciou fechamento de 361 agências, escritórios e postos de atendimento e um programa de demissão voluntária para 5 mil funcionários.

Leia mais: Crusoé também fiscaliza o outro lado do balcão do Judiciário: os advogados.
Mais notícias
TOPO