"Bandido bom é bandido preso, sim"

“Bandido bom é bandido preso, sim”
Foto: Adriano Machado/Crusoé

O advogado João Berchmans Serra, que integrou a equipe de Janaína Paschoal e Miguel Reale Jr. no processo de impeachment de Dilma Rousseff, disse a O Antagonista que a manutenção da prisão em segunda instância, como regra geral, é pressuposto básico para garantir a efetividade das decisões judiciais.

“Claro que se a prisão em segunda instância cair, haverá uma revolta da grande parte da sociedade com descrédito ainda maior do STF perante a opinião pública.”

Ele acrescentou:

“Bandido bom é bandido preso, sim. É o que diz a legislação aplicável e é também o que a maioria esmagadora dos cidadãos de bem espera do STF.”

Ministro Marco Aurélio sobre decisão do STF: "A guinada não inspira confiança. Ao contrário, gera o descrédito, sendo a História impiedosa." Leia aqui
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO