Barreira neles

Em O Globo, o cientista político Ricardo Ismael, da PUC carioca, comenta a cláusula de barreira proposta no projeto de reforma política:

“A cláusula de barreira atingiria não só os partidos de aluguel, mas também aqueles que se propuseram a fazer uma ‘nova esquerda’, como Rede e PSOL. O caminho, para eles, seria realizar uma fusão entre si ou com o PT. Mas será que eles vão querer voltar justamente para o partido de onde seus fundadores saíram? O próprio PT, embora tenha uma bancada grande na Câmara, pode ser contrário à cláusula de desempenho. O partido podia ser favorável quando estava crescendo, mas hoje é uma legenda desgastada e que tem projeção de perder boa parte das cadeiras no Congresso em 2018.”

Nosso apoio à cláusula de barreira só faz aumentar.

Faça o primeiro comentário