ACESSE

Barroso assume TSE disposto a pautar ações contra Bolsonaro

Telegram

Luís Roberto Barroso toma posse hoje na presidência do Tribunal Superior Eleitoral com o plano de pautar, para junho, a retomada no julgamento de duas ações que pedem a cassação da chapa formada por Jair Bolsonaro e Hamilton Mourão.

Os processos, movidos pelo PSOL e pela Rede, acusam o presidente e o vice de abuso do poder econômico e no uso dos meios de comunicação na campanha de 2018, por causa de um ataque hacker à página de Facebook Mulheres Unidas Contra Bolsonaro.

O perfil, antes crítico a Bolsonaro, passou a publicar mensagens de apoio. Em setembro de 2018, ele postou no Twitter um agradecimento ao grupo, o que, para PSOL e Rede, indicam que participou do ataque.

No fim do ano passado, o relator das ações, Og Fernandes, votou pelo arquivamento. Edson Fachin pediu vista, mas já devolveu o processo para continuidade do julgamento. O caso deve voltar à pauta nas próximas semanas, para o voto de outros cinco ministros.

O dia certo deve ser definido ainda hoje, após a posse de Barroso, numa reunião com os demais colegas de tribunal.

Leia também: Bolsonaro mandou investigar Witzel?

Comentários

  • Ruy -

    Mais um ! Meu Deus, quando isto terá um desfecho ? Nos veremos em 22 ...

  • Silvio -

    Advogado de Cesare Battisti.

  • Angelo -

    Previsão: Não vai dar em nada, só se cassar todos os deputados e senadores, aí sim fica só os militares para governar até resolver todas as pendengas, quem sabe dura mais uns 20 anos.

Ler 90 comentários