Barroso contraria PGR e mantém Marcos Valério na domiciliar

Barroso contraria PGR e mantém Marcos Valério na domiciliar
Foto: Agência Brasil, arquivo

Luís Roberto Barroso manteve em prisão domiciliar o publicitário Marcos Valério, que cumpre pena pelo mensalão. Condenado a mais de 37 anos, ele estava no semiaberto, mas a Justiça de Minas autorizou sua prisão domiciliar por causa da pandemia da Covid-19.

A decisão do ministro do STF contrariou manifestação da PGR, que defendeu revogar a decisão que autorizou o publicitário e delator a migrar para a domiciliar.

LEIA AQUI a reportagem de Luiz Vassallo na Crusoé; assine a revista e apoie o jornalismo independente.

Leia mais: Como o candidato Artur Lira já se movimenta para escapar da Justiça valendo-se da parceria com Bolsonaro.
Mais notícias
TOPO