Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Barroso decide que federações partidárias devem ser registradas até seis meses antes da eleição

A decisão do ministro foi tomada em ação apresentada pelo PTB, que pedia a derrubada das federações porque elas buscam reeditar as coligações partidárias
Barroso decide que federações partidárias devem ser registradas até seis meses antes da eleição
Foto: Reprodução

O ministro Luís Roberto Barroso (foto), do Supremo Tribunal Federal, decidiu que as federações partidárias devem ser registradas até seis meses antes da eleição. A decisão ainda será submetida ao plenário virtual da Corte.

“A possibilidade de constituição tardia das federações, no momento das convenções, as colocaria em posição privilegiada em relação aos partidos, alterando a dinâmica da eleição e as estratégias de campanha. A isonomia é princípio constitucional de ampla incidência sobre o processo eleitoral, âmbito no qual se associa ao ideal republicano de igualdade de chances”, afirmou o ministro.

A decisão do ministro foi tomada em ação apresentada pelo PTB, que pedia a derrubada das federações partidárias sob o argumento de que elas buscam reeditar as coligações partidárias, que foram proibidas pelo Congresso Nacional na reforma política aprovada em 2017.

Para o partido, o modelo atual afronta a autonomia partidária. Na prática, federação partidária é aliança eleitoral entre duas ou mais legendas semelhante às coligações, mas que, diferentemente destas, serve não apenas para as eleições, mas dura por toda uma legislatura, ou seja, quatro anos.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....