Barroso e Gilmar defendem votação eletrônica do Brasil

Barroso e Gilmar defendem votação eletrônica do Brasil
Foto: Rosinei Coutinho/SCO/STF

Luís Roberto Barroso e Gilmar Mendes se manifestaram sobre a apuração das eleições presidenciais nos EUA, que se arrastará para além do fim de semana, e a proposta de Jair Bolsonaro de que o voto impresso seja retomado no Brasil.

Barroso, que atualmente preside o TSE, afirmou que a adoção das cédulas de papel nas eleições brasileiras seria “um retrocesso”: “As urnas eletrônicas são confiáveis”. Gilmar, por sua vez, disse que a situação dos EUA seria impensável no Brasil.

LEIA AQUI a reportagem da Crusoé; assine a revista e apoie o jornalismo independente.

Leia mais: Assine a Crusoé, a publicação que fiscaliza TODOS os poderes da República.
Mais lidas
  1. "Mega epidemia daqui a 60 dias"

  2. Médica de Rondônia ri de intubação de pacientes

  3. Bolsonaro contradiz governador do AM e alega que governo não foi informado de falta de oxigênio

  4. Neymar pai no 'churrasco de leite condensado'

  5. Bolsonaro: leite condensado é para 'enfiar no rabo' da imprensa

Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 57 comentários
TOPO