Barroso: "Estou ministro do STF"

Telegram

Luís Roberto Barroso participou nesse fim de semana, ao lado de gente como Fernando Haddad e Cid Gomes, de um evento sobre o cenário político brasileiro na Universidade Yale, em Connecticut.

Ao se apresentar, soube o Antagonista, Barroso disse o seguinte: “Eu era professor (…) e hoje estou ministro do STF”. O fato de não ter dito que é ministro da Suprema Corte provocou burburinho na plateia.

Na semana passada, o ministro negou qualquer possibilidade de entrar para a política partidária.

“Gostaria de afirmar, de forma categórica, que eu vivo para pensar o Brasil e ajudar a aprimorar as instituições, mas sempre dentro da minha missão como professor e, circunstancialmente, como Ministro do STF”, afirmou, em nota.

Reveja aqui:

Barroso desmente Gaspari

Comentários

  • Álvaro -

    Ou vc crê ou vc não crê. Nos dias de hoje ou será que sempre foi assim? Está tremendamente difícil acreditar nas pessoas, sejam elas quais forem. Hoje uma pessoa pública diz uma coisa, amanhã o que disse será nulo por atitudes anteriores dessa mesma pessoa. Seria a alienação uma saída? Que conflito existencial estou vivendo? A essa altura do campeonato, sei não. Exemplo: o que chamamos de STF- Um conjunto de várias pessoa vulgo gabaritadas para ali estarem e o que decidem? Vidas. Há sempre uma explicação para cada decisão...tecnica pra variar...que saudades do olho por olho e dente por dente. Vivemos entre seres muito ruins. As pessoas na grande maioria só querem tirar vantagens e o resto que se f...precisamos nascer de novo.

  • laercio -

    Esse ministro é meio estranho, melhor ficar de olho nele!

  • Eremita -

    Larguem as espadas e as lanças. Nunca ouviram alguém dizer "estou" ao invés de "sou"?! É apenas um artifício de discurso para soar menos arrogante, esnobe e ególatra; usado para demonstrar que não se quer "esfregar" o cargo na cara dos ouvintes. Além do mais, o cara está se contrapondo ao Gilmau. Único a fazer isso com propriedade no STF. A pergunta que tem que ser feita é: como ministro ele tem feito lobby para por em pauta e fazer prevalecer posições que ele defendia como advogado? De minha parte, não tenho visto isso. Ele tem defeitos? Certamente um monte. Entretanto, dos 11 atuais, é disparado um dos menos daninhos.

Ler 20 comentários