Barroso: “Não há inocentes em Curitiba”

Em palestra a auditores dos tribunais de contas em Brasília, Luís Barroso defendeu a Lava Jato: “Há muito choro e ranger de dentes, mas eu não tenho o sentimento de que haja inocentes em Curitiba.”

Ele também ressaltou avanços recentes, como a aprovação das prisões após condenação em segunda instância.