Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Barroso: 'posições anticientíficas' não são protegidas por liberdade de expressão

Presidente do TSE defendeu decisão de bloquear sites acusados de espalhar fake news, tomada na segunda pelo corregedor-geral eleitoral, Luis Felipe Salomão
Barroso: posições anticientíficas não são protegidas por liberdade de expressão
Crédito: Reprodução / YouTube / TRE-AC

Em discurso na abertura da sessão do TSE nesta quinta-feira (19), o presidente da corte eleitoral, Luís Roberto Barroso, afirmou que incentivar “posições anticientíficas” extrapola os limites da liberdade de expressão.

A fala do ministro vem na esteira da decisão do TSE de bloquear a monetização de pessoas e páginas que disseminam fake news na internet, tomada na segunda (16) pelo corregedor-geral da Justiça Eleitoral, Luis Felipe Salomão, a partir de um pedido da Polícia Federal —a medida atingiu uma série de sites bolsonaristas.

“Mentira deliberada, ódio, teorias conspiratórias e difusão da desinformação incentivando agressões, incentivando posições anticientíficas que levam à morte das pessoas, isso não é protegido pela liberdade de expressão”, declarou Barroso.

“Faço aqui um apelo às plataformas tecnológicas: dinheiro não é tudo na vida. É preciso cultivar valores que mantenham o tecido social com um mínimo de civilidade e de urbanidade”, acrescentou o presidente do TSE, que disse considerar a suposta neutralidade das redes sociais nessa questão “como um proveito financeiro do mal”.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO