Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Base bolsonarista do PSL se une ao PT para manter votação da PEC da Vingança

Carla Zambelli, Bia Kicis, Vitor Hugo e outros deputados alinhados ao Planalto votaram contra o requerimento de retirada de pauta apresentado pelo Novo
Base bolsonarista do PSL se une ao PT para manter votação da PEC da Vingança
Foto: Marcos Corrêa/PR

Os deputados do PSL mais alinhados ao presidente Jair Bolsonaro votaram junto com o PT para manter para hoje a votação da PEC da Vingança, que altera a composição do Conselho Nacional do Ministério Público apresentado. A proposta original é do deputado petista Paulo Teixeira (SP).

A orientação do PSL e do PT foi para votar contra o requerimento de retirada de pauta apresentado pelo Novo e manter a votação do texto para esta quinta-feira (14).

Votaram contra o pedido do Novo, além do líder do PSL na Câmara, Vitor Hugo (GO), parlamentares como Bia Kicis (DF), Carlos Jordy (RJ), Bibo Nunes (RS), Filipe Barros (PR), Carla Zambelli (SP, foto) e Hélio Lopes (RJ).

É o bolsopetismo atuando abertamente contra a autonomia do Ministério Público.

Mais notícias
TOPO