ACESSE

'Baseado em que comprovação científica você proibiu' a cloroquina?, pergunta Bolsonaro

Telegram

Jair Bolsonaro afirmou há pouco que havia conversado com Luiz Henrique Mandetta sobre os estudos que indicavam a efetividade da cloroquina no tratamento da Covid-19 em casos leves.

Em live, o presidente disse que o ex-ministro da Saúde foi “radicalmente contra” mudar o protocolo do medicamento.

“Nós tínhamos informações, eu passei para o Mandetta. Ele foi radicalmente contra. ‘Ciência, foco, não sei o quê’.”

Bolsonaro foi questionado se o governo poderia ter feito algo que reduzisse o número de mortes pela doença no Brasil.

“Você só pode evitar mortes por comorbidade ou de uma certa idade, se ela fica completamente reclusa, longe de tudo. Agora, se, porventura  isso aqui (caixa de cloroquina) se comprovar mais tarde, essas pessoas que proibiram no ‘decretaço’, o ditador do estado e do municípios –não são todos, temos o decreto de todo mundo aqui–, essas pessoas têm que responder por que proibiram. Baseado em que comprovação científica você proibiu?”

Leia mais: Combo O Antagonista e Crusoé: comece a ler por apenas R$ 1,90/mês

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 152 comentários