Basta definitivo

Aécio Neves defendeu a saída de Dilma Rousseff da Presidência do Brasil:

“Essa crise tem um nome, ela se chama presidente Dilma Rousseff. Enquanto ela estiver governando o Brasil, nós não vamos retomar o processo de crescimento, de melhoria dos nossos indicadores sociais tão necessários para todos os brasileiro.”

Segundo O Globo, o tucano também reforçou a necessidade de os brasileiros participarem das manifestações de 13 de março:

“Com a presidente Dilma na presidência da República, não há caminhos para o Brasil. Por isso nós, na última semana, ao lado de todos os partidos de oposição, assumimos o nosso papel de estimular que as pessoas possam no próximo dia 13, e faço aqui também em Goiânia essa convocação, ir às ruas para dizer um basta definitivo a tudo o que vem acontecendo no Brasil.”

A forma mais rápida de conseguir isso, O Antagonista não cansa de repetir, é via processo de impeachment. Como disse o próprio Aécio, em março de 2015:

“Nós não proibimos nem estamos proibidos de dizer a palavra ‘impeachment.'”

Faça o primeiro comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

1200