BB PAGA ALUGUEL PARA QUEM LHE DEVE 355 MILHÕES

Sob a presidência de Aldemir Bendine, o Banco do Brasil fez negócios imobiliários bastante curiosos.

Um deles foi a transferência da sede própria do banco, em Brasília, para um complexo de três torres alugadas, sob o pretexto de que era uma necessidade a mudança para prédios mais modernos e com “selo verde”. Também se disse que isso fazia parte de um projeto de “desmobilização”, para vender ativos depreciáveis e fazer economia.

A questão é que a construção das três torres foram financiadas pelo próprio Banco do Brasil — que emprestou R$ 355 milhōespara a Via Engenharia e o fundoTS-7 Participações, ou Tishman Speyer Brazil Master Fund e Tishman Speyer Brazil Investments. O BB, portanto, passou a pagar aluguel a seus devedores.

Outro dado interessante: depois de feita a incorporação pela Via Engenharia do terreno concedido pelo Distrito Federal por um período de 30 anos, houve uma revalidação que garantiu 85% da propriedade das torres ao fundo TS-7.