BELO HORIZONTE: KALIL É REELEITO EM 1º TURNO

BELO HORIZONTE: KALIL É REELEITO EM 1º TURNO
Arte: Rodrigo Freitas

O prefeito de Belo Horizonte, Alexandre Kalil (PSD), foi reeleito em 1º turno.

Segundo a apuração do TSE, com 99,76% das urnas apuradas, Kalil estava com 63,36% dos votos válidos, e por isso está matematicamente reeleito.

Bruno Engler (PRTB), o candidato de Bolsonaro, tinha 9,95%. João Vitor Xavier (Cidadania) registrava 9,22% e Áurea Carolina (PSOL), 8,33%.

A vitória já era esperada pelos institutos de pesquisa. No Datafolha de ontem (14), Kalil tinha 69% das intenções de voto, considerando-se os votos válidos. No Ibope, eram 72%.

Kalil foi um dos mais ferrenhos defensores do fechamento de comércios para combater a disseminação do novo coronavírus. Em 18 de março, ainda no começo da pandemia, criticou publicamente o governador Romeu Zema (Novo): “Uma pena. Preocupado com votos e não com vidas”.

Esta é terceira vez, desde o início da votação em dois turnos em 1992, que o eleitor de BH reelege o prefeito em 1º turno. Fernando Pimentel foi reeleito em 1º turno em 2004, e Marcio Lacerda foi reeleito também no 1º turno em 2012.

Kalil se elegeu pela primeira vez em 2016 pelo PHS, hoje extinto. Foi presidente do Atlético Mineiro de 2008 a 2014, sendo responsável pela contratação de Ronaldinho Gaúcho, que ajudou o time a conquistar a Taça Libertadores da América pela primeira vez, em 2013.

Em 2010, Kalil gravou vídeo para a campanha de Antonio Anastasia (então no PSDB) a governador. No começo deste ano, o hoje senador deixou o partido dos tucanos e juntou-se a Kalil no PSD.

Leia mais: A revista que fiscaliza TODOS os poderes e conta com os melhores colunistas do Brasil.
Mais notícias
TOPO