Bené foi preso

Benedito Rodrigues de Oliveira Neto, o Bené, foi preso pela PF.

Segundo o delegado Dennis Calis, responsável pela Operação Acrônimo, ele é suspeito de ter lavado dinheiro vindo de contratos superfaturados e não executados. A PF investiga também se o dinheiro desviado abastecia campanhas políticas.

Benedito Rodrigues de Oliveira, ligado ao PT, é sócio de pelo menos 30 empresas que mantinham contratos fraudulentos com o governo federal em áreas como serviços gráficos e eventos. A PF informou que o faturamento de seu grupo saltou de 400 mil reais para 500 milhões de reais em pouco mais de seis anos.

Um dos investigados pela PF é Virgilio Guimarães, o deputado petista que apresentou Delúbio Soares a Marcos Valério.

Só gente boa.

200