Benjamin fará “análise histórica”

Herman Benjamin disse que pediu vista do caso Fernando Pimentel para analisar o voto de Napoleão Nunes Maia, que defendeu a autorização da Assembleia Legislativa para processar o governador.

“Vou fazer a análise histórica [do texto da Constituição de Minas Gerais] que o senhor prometeu que faria”, disse Benjamin a Napoleão, durante a sessão desta manhã da Corte Especial do STJ.

Não é comum o próprio relator pedir vista. Em tese, Benjamin, que votou contra Pimentel, pode mudar de lado até o fim do julgamento.

Faça o primeiro comentário