Beto Richa vira réu por propina de empresas de pedágio

A Justiça aceitou denúncia contra o tucano Beto Richa no âmbito da Operação Integração, que investiga pagamento de propina ao ex-governador do Paraná por empresas de pedágio no estado, informa o G1.

Além dele, outras nove pessoas viraram réus por crimes como organização criminosa e corrupção passiva, incluindo seu irmão Pepe Richa, ex-secretário de Infraestrutura e Logística do estado.

“Trata-se da denúncia que investiga o núcleo político.

Segundo o MPF, o esquema desviou R$ 8,4 bilhões por meio do aumento de tarifas de pedágio do Anel de Integração, e de obras rodoviárias não executadas. A propina paga em troca dos benefícios, conforme os procuradores, foi estimada em pelo menos R$ 35 milhões.”

Uma outra denúncia do MPF é relacionada aos empresários envolvidos no esquema. A Justiça tornou 23 deles réus por organização criminosa e corrupção passiva, incluindo o ex-presidente da concessionária Triunfo Econorte, Hélio Ogama.

“As denúncias sustentam que o esquema de pagamentos de propina pelas concessionárias de pedágio teve início há cerca de 20 anos. Conforme os procuradores, a corrupção elevou as tarifas de pedágio pagas pelos usuários, e fez com que apenas 25% das obras previstas fossem realizadas.”

Existem “forças subterrâneas” dentro do Congresso que impedem que projetos importantes vão a voto. Acompanhe aqui!

Temas relacionados:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

  1. A Justiça fez uma ‘concessão’ (sem trocadilhos, né?) ao caso de Beto Richa. E isto terá sido tudo o que vai acontecer ao ilustre tucano. O nosso mais notório ‘puxadinho’ dará um jeito, certo

Ler mais 15 comentários
  1. A Justiça fez uma ‘concessão’ (sem trocadilhos, né?) ao caso de Beto Richa. E isto terá sido tudo o que vai acontecer ao ilustre tucano. O nosso mais notório ‘puxadinho’ dará um jeito, certo

    1. Sr. ‘Brasileiro’, a escola onde o senhor foi alfabetizado lhe ensinou um jeito bem peculiar de fazer certas leituras, não?

  2. Faço uma pergunta ao MPF e ao antagonista e Crusoé Por que investigar essa mesma empresas na Bahia? Nos governos de Jaques Wagner essas empresas ganharam contratos de pai para filho! se investigar..

  3. Alô alô Polícia Federal, mandem fazer uma apuração nos pedágios da Bahia que vão descobrir muito dindin correndo pros cofres dos bandidos do PT que “governam” este abençoado estado.

  4. E quando é que irão investigar sobre valores cobrados na Pres. Dutra (um absurdo por km ….podem comparar com os valores cobrados na Rod. 101 – Sul) que foi privatizada por FHC?????? 😲😲😲

  5. Trabalhamos 5 meses por ano para pagar impostos, mas não podemos ter estradas dignas, é preciso que exista também essa máfia chamada pedágio, “pelo menos cuidam das estradas”. País de m3rda