ALBERTO YOUSSEF VAI DEIXAR A PRISÃO

O Antagonista soube que o doleiro Alberto Youssef, pivô do petrolão, deixará a carceragem da Polícia Federal no dia 18 de novembro, quando completa dois anos e oito meses em regime fechado.

O acordo de colaboração premiada previa três anos, mas ele teve um abatimento pelos “serviços prestados” à Lava Jato.

Faça o primeiro comentário