Bezerra elogia Alcolumbre e aguarda decisão do STF sobre reeleição até o fim do mês

Bezerra elogia Alcolumbre e aguarda decisão do STF sobre reeleição até o fim do mês
Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado

O líder do governo no Senado, Fernando Bezerra Coelho, defendeu a mudança na regra do jogo para permitir que Davi Alcolumbre possa ficar mais dois anos à frente da Casa.

Ele disse à Rádio Bandeirantes:

“Você elege um presidente, você articula e constrói uma base de apoio na Câmara e no Senado, e no meio do mandato você precisa enfrentar uma nova eleição de Mesa Diretora? Eu acho que não faz sentido a gente ter reeleições indefinidas, uma após outra, mas se você tem uma reeleição para presidente da República, deveria ter uma reeleição para as mesas diretoras, seja do Congresso, seja das Assembleias, seja das Câmaras Municipais.”

Ora, a reeleição dos presidentes no Congresso já é autorizada, mas em legislaturas diferentes.

Bezerra afirmou que os senadores aguardam uma decisão do STF sobre o assunto até o fim deste mês.

“Estamos aguardando uma manifestação do Supremo Tribunal Federal provocada pela Adin que foi impetrada pelo PTB. Nessa Adin, o PTB manifesta a inconstitucionalidade de uma reeleição dentro de uma mesma legislatura. Então o Supremo deverá estar se manifestando até o final de setembro.”

O senador do MDB de Pernambuco aproveitou para elogiar Alcolumbre e antecipar voto:

“Existe um reconhecimento ao trabalho que ele desenvolve no sentido de manter as pontes de diálogo tanto com o Poder Judiciário quanto com o Poder Executivo. E, havendo a possibilidade de reeleição, eu creio que o senador Davi Alcolumbre tem grandes chances de ser reeleito. Mas é uma matéria ainda pendente e vamos ter que aguardar se haverá chance ou não espaço para essa reeleição.”

Leia mais: A 'proposta milionária' para votar com o governo.
Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 43 comentários
TOPO