ACESSE

Bia Kicis acusa Erica Kokay de crime eleitoral por evento na UnB

Telegram

A deputada eleita Bia Kicis pediu que o TRE-DF investigue o evento intitulado “Boulos na UnB – Como Conversar Com Eleitores De Bolsonaro”.

Kicis alega que houve a utilização do local com fins de promoção da campanha eleitoral de Fernando Haddad e difamação de Jair Bolsonaro.

“As condutas perpetradas pelos Representados Erika [Kokay], Guilherme [Boulos], Sônia [Guajajara] e Fábio [Felix Silveira] estão enquadradas, in thesi, no abuso de poder político e a conduta da Representada Márcia, na qualidade de Reitora, encontra enquadramento, em tese, no artigo art. 73, inciso I, da Lei nº 9.504, de 1997 (ceder ou usar, em benefício de candidato, partido político ou coligação, bens móveis ou imóveis pertencentes à administração direta ou indireta da União, dos Estados, do Distrito Federal, dos Territórios e dos Municípios)”.

Bolsonaro x Haddad: o que a grande imprensa não conta para você está AQUI

Comentários

  • OBSERVADOR -

    Este é o caminho, toda e qualquer infração da lei, pelos comunistas, levá-los à Justiça como réus. MST invasão= processo. Boulos invadiu= processo, política na escola=processo. Logo acaba a f

  • Rosa -

    Parabéns Bia Kicis! Está honrando o meu voto. Que a justiça Eleitoral tome as providências cabíveis contra esses crimes dessa praga da esquerda.

  • Aarao -

    Infelizmente nossa Justiça só é forte para soltar bandidos, para aplicar a punição contra os que praticam crimes usando o patrimônio público eles são cegos, surdos e mudos! O TSE então...xiii

Ler 103 comentários