ACESSE

A bíblia do sócio de Lulinha

Telegram

O contrato “inflado” entre a Oi e o Grupo Gol era para que a empresa Goal Discos fornecesse o conteúdo da “Bíblia na voz de Cid Moreira” para um portal de voz da telefônica, segundo a Folha.

Esse contrato foi o responsável por 40% dos R$ 66 milhões repassados pela Oi a empresas do Grupo Gol, de Jonas Suassuna, sócio de Lulinha.

Ex-diretor do grupo, Marco Aurélio Vitale disse ao jornal que havia outros dois ou três contratos ‘guarda-chuva’ para garantir os repasses.

Tudo em nome do Senhor.

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 14 comentários