"Se for comprovado que é corrupto, deverá ser imediatamente afastado"

O deputado federal Bibo Nunes, da ala bolsonarista do PSL, defendeu que Ricardo Barros, líder do governo na Câmara e alvo de operação hoje, seja “imediatamente afastado” e sofra “os rigores da lei”, caso sejam comprovados os atos de corrupção dos quais é acusado.

“Se for comprovado que algum membro do governo é corrupto, deverá sofrer os rigores da lei e ser imediatamente afastado.”

Bibo disse também que “o governo Bolsonaro tem um discurso muito forte contra a corrupção e continuará tendo cada vez mais”. Como de costume, ele comparou o atual governo com a gestão petista.

“Nos governos do PT e seus apoiadores, a corrupção era rotineira, mas agora mudou radicalmente.”

Leia mais: Gleisi e Bolsonaro do mesmo lado
Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 43 comentários
TOPO