Blocão de Alckmin se vende como ‘polo democrático e reformista’

ACM Neto, presidente do DEM, não tem chamado o Centrão de Centrão.

Ele prefere falar em “partidos do centro democrático”, em referência ao tal manifesto por um “polo democrático e reformista”, lançado em junho.

O Antagonista relembra abaixo os 17 pontos essenciais do tal manifesto. Vale rever AQUI quem assinou o documento.

“1) A defesa intransigente da liberdade e da democracia como caminho para a construção do futuro do país, com o fortalecimento das instituições republicanas em sua harmonia e independência, dos direitos individuais e das minorias e da reforma profunda do sistema político com vistas a recuperar os laços perdidos com a sociedade brasileira, erguendo um sistema de representação efetivo submetido a controles sociais eficientes e com suas relações com a população presididas pela transparência e a participação.

2) A luta contra todas as formas de corrupção, seja no comportamento de servidores públicos, seja na definição de prioridades que não reflitam o interesse público. Reafirmamos o compromisso inflexível com a ética e a honestidade. Tornar cada vez mais público e transparente o espaço público. E desencadear um processo profundo e irreversível de avanços institucionais na consolidação dos mecanismos de controle internos, externos e sociais.

3) Prioridade absoluta para a transformação inadiável de nosso sistema educacional como elemento central do desenvolvimento nacional na era do conhecimento e da inovação. Todos os esforços governamentais devem ser voltados e a mobilização da sociedade deve ser concentrada no desenvolvimento da educação na primeira infância e na qualificação do ensino fundamental. Esse é o principal desafio brasileiro. Não adianta universalizar sem qualidade. É preciso democratizar as oportunidades garantindo às crianças e aos jovens brasileiros o acesso ao conhecimento e aos valores necessários para enfrentarem as demandas da vida contemporânea, preparando-os para a cidadania e para uma inserção inclusiva no mundo da produção. Devem merecer atenção especial ainda o combate à evasão escolar no ensino médio, o fortalecimento do ensino técnico e a inserção das Universidades no esforço de desenvolvimento nacional. Se é verdade que saúde e segurança defendem a vida, só a educação de qualidade pode transformar a vida, combinada com estratégias inteligentes, criativas e eficazes de desenvolvimento científico e tecnológico. Sem isso o Brasil perderá mais uma vez o “bonde da História”.

4) A busca incansável do equilíbrio fiscal, sem o que não se sustentarão os atuais baixos patamares de inflação e da taxa de juros e não serão recuperadas a qualidade e a efetividade das políticas públicas essenciais. Isto passa inevitavelmente pela Reforma do Estado, com a diminuição do tamanho da máquina estatal, com ganhos de eficiência e produtividade, fechando as portas para o clientelismo, o patrimonialismo e a corrupção. Este esforço deve ser presidido por um grave sentimento de priorização na alocação dos escassos recursos públicos privilegiando os setores essenciais da educação, saúde, segurança pública, moradia, saneamento, inovação científica e tecnológica e combate às desigualdades regionais e pessoais de renda. O Estado deve cuidar dos trilhos, liberando as energias da sociedade, da iniciativa privada, dos indivíduos empreendedores, que devem assumir o comando da locomotiva. O Estado deve ser menos fazedor e mais indutor, regulador, coordenador, catalizador das energias da sociedade. O estímulo aos empreendedores da indústria, do agronegócio e do setor serviços deve se dar dentro de novo marco, onde a intervenção estatal deva ser seletiva e muito bem calibrada, e sempre calcada em diretrizes universais, longe da concessão de benesses aos “amigos do Rei”.

5) A reconstrução de nossa Federação, com uma radical descentralização, fortalecendo o poder local e regional num país de dimensões continentais. A clara definição dos papéis a serem desempenhados por cada uma das três esferas de poder é urgente. Assim como a correta e equilibrada distribuição das receitas oriundas dos impostos pagos pela população.

6) A mudança estrutural de nosso sistema tributário tornando-o mais simples, justo, desburocratizado e eficiente. Não é possível mais conviver com um sistema tributário irracional, regressivo e inibidor do crescimento econômico. O ajuste fiscal não pode se dar com o aumento da já alta carga tributária. A reforma tributária deve ser elemento central na agenda do aumento da competitividade e da produtividade nacional.

7) Reformar nosso sistema previdenciário injusto e insustentável. Precisamos de um sistema único que elimine privilégios e assegure o equilíbrio atuarial, sob pena de colocarmos em risco o pagamento de aposentadorias e pensões no curto prazo e impedir o necessário equilíbrio das contas públicas.

8) Incentivo radical à promoção da ciência e tecnologia, fazendo o Brasil caminhar para ser um país líder nessas áreas, utilizando-se o potencial das universidades e centros de pesquisas públicos e privados.

9) O combate a todas as formas de autoritarismo e populismo. A demagogia e atitudes hostis à vida democrática devem definitivamente ser afastadas do cenário nacional. À direita, se esboça o surgimento de um inédito movimento com claras inspirações antirrepublicanas e antidemocráticas. À esquerda, uma visão anacrônica alimenta utopias regressivas de um socialismo autoritário e antidemocrático e de um Estado intervencionista e onipresente. A união das forças do polo democrático e reformista é essencial para que o futuro do país não seja espelhado em experiências desastrosas como a vivenciada pelo povo venezuelano ou projetos que pareciam já arquivados de inspiração protofacista.

10) A defesa de um alinhamento internacional que resgate, como vem sendo feito recentemente, as melhores tradições do Itamaraty, com uma política externa que privilegie os verdadeiros interesses nacionais, e não ultrapassadas e equivocadas identidades ideológicas. As ações multilaterais e bilaterais têm que ser dosadas com o necessário pragmatismo e com vistas a resultados concretos para o desenvolvimento nacional, mas tendo como pano de fundo o
inarredável compromisso com a democracia, aqui e lá fora. É inadiável e inevitável a abertura externa de nossa economia.

11) Uma postura firme no setor de segurança pública baseada no princípio de tolerância zero com o crime organizado. Ações de inteligência, prevenção, repressão, mobilização social e integração no âmbito do recém-criado Sistema Único de Segurança Pública, devem devolver a paz às cidades e ao campo e garantir a cada cidadão os seus direitos fundamentais de ampla convivência na sociedade.

12) Aprofundar o esforço de qualificação do Sistema Único de Saúde, assegurando os direitos constitucionais de cidadania ao acesso a uma saúde de qualidade, avançando na reestruturação do padrão de financiamento, aprimorando o pacto federativo setorial, definindo claramente a carteira de serviços e o padrão de integralidade a serem ofertados à população, o uso intensivo de ferramentas tecnológicas na gestão e regulação do sistema, o aumento da resolutividade da atenção primária e a reestruturação do mercado de trabalho no setor.

13) Adotar soluções criativas e eficazes na moradia e no saneamento, aprendendo com a experiência acumulada pelo “Minha Casa, Minha Vida” e democratizando o acesso da população à água tratada, à coleta de esgoto e lixo e ao tratamento dos resíduos. Os índices de exclusão social no saneamento básico no Brasil são inaceitáveis em pleno Século XXI.

14) Empreender esforços para a concretização de uma profunda reforma política que aproxime a representação política das bases da sociedade, aumentando a participação e os controles sociais, barateando seu funcionamento e coibindo a influência do poder econômico, aumentando a transparência e aprimorando o ambiente para uma governabilidade centrada em um programa de governo e não na velha e esgotada fórmula de convivência baseada na troca de cargos e verbas por votos, muitas vezes com feições nada republicanas.

15) Defesa de uma perspectiva de desenvolvimento sustentável, com o estímulo à produção de biocombustíveis e fontes renováveis de energia, paralelo à necessária exploração de nossa vocação petrolífera. Modernização da atividade de licenciamento ambiental, por um lado,  assegurando rigor na defesa do meio ambiente, por outro, desburocratizando e dando maior celeridade às licenças. Defesa de nossos diversos ecossistemas combinando um bom regramento na sua conservação com as atividades produtivas que garantem a criação de emprego e renda. Empreender um enorme esforço na educação ambiental e investir em tecnologias que possibilitem a despoluição de nossos cursos d’água, do ar que respiramos e da terra onde vivemos e produzimos nossa existência.

16) O fortalecimento da administração pública, com a modernização de suas estruturas e processos, com base nos princípios da profissionalização, da eficiência, da transparência e da meritocracia. A gestão por resultados deve ser permanentemente perseguida e a qualidade no gasto público, verdadeira obsessão.

17) Por último, o objetivo central que deve mover-nos no novo ciclo que se iniciará a partir das eleições, para o qual convergem todas as diretrizes anteriores: o combate sem tréguas à miséria, à pobreza e às desigualdades sociais e regionais, graças à elevação da produtividade e à melhoria da distribuição de renda, além da garantia de acesso aos bens e serviços essenciais a todos que necessitam. Consciência de que tanto o aumento da produtividade como a distribuição de renda decorrem diretamente da universalização da educação de qualidade, assegurando a marcha para que, um dia, os filhos dos mais pobres tenham acesso à escola com a mesma qualidade dos filhos dos mais ricos brasileiros. As estratégias inclusivas devem sempre visar à emancipação do cidadão, à promoção de cidadania plena para todos e a mínima dependência do cidadão em relação à tutela estatal, embora programas de transferência de renda sejam fundamentais para o combate emergencial à miséria. Aprimorar programas de assistência social, dando-lhes caráter transformador. Um exemplo é o Bolsa Família, que deve ser mantido, recuperando seu caráter educacional de quando foi criado com o nome de Bolsa Escola, reunindo propósitos de transferência de renda e garantia de acesso de todos à educação de qualidade.”

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

  1. Julia Nogueira disse:

    Bora, pessoal! Juntos com Geraldo Alckmin! Ele é o mais preparado para o Brasil! Voto Geraldo!

    1. Na minha casa todos votam Geraldo Alckmin presidente! #preparadoparaobrasil

Ler comentários
  1. Homem que diz \"ni\" disse:

    O Ibovespa com: Ciro - 42.000 pontos / Mico - 56.000 pontos / Marina - 109.000 pontos / Alckmin - 157.000 pontos Hoje está perto de 80 mil pontos.

    1. Ahahahahahahah aguarde o preço do apoio: reversão da reforma trabalhista, nada de privatizações (sem estatais não tem propinas) etc etc Persiguicao da Lava-Jato, tumulto nas ruas e no Congresso. Bolsa vai pro brejo - uns 50 mil sendo otimista.

  2. Reinaldo disse:

    Está provado que todos sabem muito bem o que o país e o povo precisam e querem, não o fazem porque não querem. Estes pontos são tão importantes que deveriam estar na constituição, contudo são apenas intenções é preciso apresentar como farão este milagre acontecer, por prazo para obtenção.

  3. Fera disse:

    Sabe que essa lista é a da mídia. Más tem a interna, que é os portos é meu, a petrobras é minha o ministério da agricultura é do fulano presidência do supremo é minha e assim vai.

  4. reaça exigente disse:

    Que baboseira bonita. Utopia ali na esquina!

  5. Blocão (Bocão) da Corrupção disse:

    Ficou mais fácil fazer campanha contra, estão todos no mesmo balaio. Blocão+PT+PMDB= DEJETOS POLÍTICOS.

    1. O mais interessante é ver tantos inocentes achando que esse mesmo balcão não estaria lá depois das eleições se o super MITO ganhasse kkkk

  6. Homem que diz \"ni\" disse:

    O Mico não votou a LDO dias atrás porque “Meu voto não ia fazer nenhuma falta lá. Nenhum deputado ia se indispor com milhões de servidores,” disse. “Quem votasse dessa forma [mantendo a proibição a reajustes] ia ficar com essa marca na testa.” Em outras palavras: covardia! Eis o Mico! Niiii!

  7. Só observando... disse:

    Esse mesmo grupelho está há décadas mandando na bagaça toda e nunca reformaram nada . A quem pensa que enganam?

  8. BOLSONARO 1° TURNO disse:

    Tudo o que tem "democrático" no meio é picaretagem, já repararam?

  9. Polo do atraso e da roubalheira disse:

    Um saco de velhacos, ladrões, obtusos.

  10. Viva a Lava Jato! disse:

    Vocês sabem muito bem quem articulou isso. O país foi da social democracia para um sistema social que se assemelha a democracia cubana e agora, tenta emplacar um x-tudo, com os investigados e denunciados por corrupção. Estão TODOS juntos contra o país. Podem esperar todo tipo de arbitrariedades.

  11. SINCERÃO disse:

    Deviam se chamar de "Centro da Subtração"...

  12. Perfeito! disse:

    BOLSONARO 1° TURNO disse: Tudo o que tem “democrático” no meio é picaretagem, já repararam? .... E acrescento: qual a credibilidade que tem as FACÇÕES DAS MÁFIAS "democraticas e reformistas" (PSDB, PP, PT, DEM, MDB, SOLIDARIEDADE, PTB, etc)para que caiamos na esparrela de acreditarmos nelas?

  13. Edvaldo Nunes disse:

    Mesmo centrão e PSDB , agora no lugar do PT, quem atrasaram o país. Nós estamos diante de um Lula versão 2018 PSDB não fez nem se quer oposição ao PT e posicionou se em cima do muro no impeachment. São vigaristas que querem seguir a linha petralha.

  14. Edvaldo Nunes disse:

    Carta de Lula, ... quero dizer ...do centrão ou Santo Chuchu ao povo brasileiro. ‘polo democrático e reformista’ . .Mais do mesmo ou seja expressão máxima do estamento burocrático. Aguardo os comentários da jovem PanSDB

  15. Indignado Patriota disse:

    Conhecemos muito bem este "polo"! Torcendo muuuito para nenhum deles se reelegerem!

  16. Renato45 disse:

    temos q estipar os lunáticos da extrema direita e da extrema esquerda. sem isso o país não se moderniza!

  17. Conservador disse:

    Esse Centrão reúne o que de mais sórdido existe na política brasileira...são os achacadores da população através dos impostos inúteis...acordem....

  18. Sarcástico disse:

    Este ACM Neto me decepciona, o veio ACM avô dele deve estar se revirando no túmulo

  19. Louisc1 disse:

    Ahahahahahahah melhor que isso só se for verdade. WAlckmin Dead vai pro brejo prometendo restabelecer o Imposto Sindical, não vai fazer privatizações porque desagradaria muitos politicos que gostam de boquinha / propinas. Está irmanado com as mesmas quadrilhas que cercavam o Luladrão em 2002.

  20. Moura disse:

    Tudo que esses FDPs não estão nem aí é para a democracia e muito menos para o país. Só pensam em surrupiar o dinheiro público e viver de boa vida.

  21. DESpetralhando disse:

    O centrão é o que é e não vai mudar com trocentas proposta escrita, já que papel aceita qualquer coisa. O centrão é formado por bandidos de todas as matizes (partidos).

    1. O Blá Blá Blá foi tão bem feito que deveríamos exigir de todos os candidatos compromisso com ele, contudo faltam o como e o cronograma para cada um dos passos. São pontos tão importantes que deveriam estar na constituição. Todos sabem o que a nação precisa e quer, não o fazem porque não querem.

  22. J&C disse:

    TA SE VENDENDO NO FIM DE FEIRA 10 CHUCHUS POR R$1,00!!!!!! MALDITO CÍNICO BANDIDO!!!!

  23. Brasil Direito - #CapitãoBolsonaroPresidente disse:

    Jair Bolsonaro fez graça disso. Até o nº é o mesmo do partido de Jair Bolsonaro. - https://www.youtube.com/watch?v=X7fg1pu_MrA

  24. Mauro Souza disse:

    Vamos todos com Alckmin formar alianças importantes e focar na campanha que começa agora em agosto! Geraldo Alckmin presidente!

    1. Voto Geraldo Alckmin para que o Brasil volte a crescer! Alckmin2018

    2. Imperdível!! Geraldo Alckmin é sensato e está pronto para asumir o país! #Alckmin2018

  25. Junior Campos disse:

    Alckmin é um grande politico, homem coerente e integro, eu voto e apoio.

    1. Pelo bem do nosso Brasil Geraldo Alckmin Presidente!

  26. Alexandre Augusto disse:

    Acredito muito que Geraldo é o melhor para o Brasil sem nenhuma duvida!! #preparadoparaobrasil

  27. Isadora Ferreira disse:

    Estamos juntos com Alckmin e vamos formar alianças importantes e focar na campanha de TV que começa agora em agosto! Geraldo Alckmin presidente!

  28. Fernanda S. Condo disse:

    Pessoal, vai dar tudo certo!! A campanha vai começar verdadeiramente agora em agosto e Alckmin vai chegar com força total!! #preparadoparaobrasil

    1. A campanha começa pra valer agora em agosto e Alckmin vem com força total!! Alckmin presidente!

  29. Luis Augusto Oliveira disse:

    Ele é experiente, tem liderança e é o mais preparado de todos os candidatos atualmente no Brasil! #Alckmin2018 #preparadoparaobrasil

  30. Jose Carlo Gomes disse:

    Vai ser maravilhoso, a mídia está sempre querendo forçar a barra e Alckmin vai mostrar que está preparado para o Brasil. Vamos com força total!! #AlckminPresidente

    1. Exatamente! A hora é agora, todos juntos com Geraldo Alckmin! Ele é o mais preparado para o Brasil!

  31. Maria Cecilia Lima disse:

    Vamos rumo a vitória!!! Geraldo Alckmin é o melhor para o Brasil! #alckmin2018

    1. Vamos trabalhar para o Brasil crescer com Geraldo presidente!! #preparadoparaobrasil

  32. João Oliveira disse:

    A vitória de Geraldo Alckmin nessas eleições é a vitória de todos nós brasileiros que lutamos contra a corrupção, a intolerância religiosa, a homofobia, o machismo e tudo o mal que os outros representam! #AlckminPresidentedoBrasil

    1. Confio nele sem nenhuma duvida!! Geraldo Alckmin para presidente do Brasil!! O mais preparado!

  33. wanderlei lima disse:

    Quem acredita na seriedade desse Puteirão.

  34. Quadrilha de Morte disse:

    Interesseiros e oportunistas de plantão. O compromisso se resume aos próprios interesses, não tem que prestar contas, não tem medo de perder os cargos, então vivem para sacanear o cidadão. Congresso=traição, sabotagem, faca nas costas O nome certo é quadrilhão ! Polo cleptocrata e vigarista !

  35. Marcia disse:

    Fica cada vez mais claro que Alckmin é o candidato que mais tem competência para estar a frente do Brasil neste momento. Em outubro eu vou de Alckmin.

    1. Alckmin está preparado é só olharmos o estado de SP, o avanço que teve mesmo na crise! #Alckmin2018

  36. Pedro Caldas disse:

    Alckmin é o melhor candidato disparado! o cara governou SP 4x.. quem conhece SP sabe que é exemplo pro Brasil! não da pra entregar essa eleição pra um aventureiro! Voto Geraldo Alckmin!

    1. Geraldo Alckmin governou o Estado SP com excelência e agora será o presidente que o Brasil precisa! Voto Alckmin! O mais preparado!

  37. Fina Flor disse:

    Fina flor da bandidagem brasileira, todos ao lado do SANTO...SUJEITO ORDINÁRIO, cínico, mentiroso. A quadrilha pensa só no Brasil e brasileiros.

  38. Ana disse:

    Tenho certeza que Alckmin independente de qualquer coisa fará o melhor para o Brasil,assim como fez em SP como Governador,o resto é só conversa.

    1. O melhor é Geraldo Alckmin! SP é prova que o homem se garante! 4 mandatos exemplares!

  39. DURA LEX SED LEX disse:

    Só baboseiras. Esse "centrão" não passa de uma tentativa vã desses partidos viciados e promotores do vício em busca de iludir o eleitor mais uma vez. Essa corja não representa o pensamento de centro, no sentido ideológico, representa apenas o centro dos próprios umbigos!

  40. analu disse:

    Parece até a carta do larápio, de 2002. Parole, parole, parole. O título da matéria deveria ser: Blocão de Alkmin se vende. Ponto.

  41. José C disse:

    Estamos diante de algo quase perfeito. O problema é que a realidade difere, em muito, do papel, que aceita tudo. Talvez eu não esteja num bom momento para dizer algo, dado ao que se lê e vê no dia a dia. Acho que minha capacidade de ser otimista está esfacelada.

  42. Marco Bettega disse:

    Um festival interminável de platitudes e blá blá blá....

  43. Míriam disse:

    o nome é balcão de negócios algo escusos

  44. Fernando Costa da Silva disse:

    Centro democrático da roubalheira.

  45. Bando disse:

    O discurso de um lado, as ações de outro... Tá parecendo o PCC e o CV pregando a guerra as drogas kkkkkk São apenas um bando de fdp aglutinados em formato de partidos políticos. Nada mais.

  46. Billy disse:

    Reformista da casa da dinda, bunker do gedel e do sito do lula. Tão democrático na roubalheira do dinheiro público que todos do centrão da corrupção do alckmim roubam juntos, do mais baixo capanga aos mais influente coronéis como ciro nojeira e o valdemort costa neves.

  47. Esgotou minha paciência! disse:

    Democracia para estes vagabundos é poder roubar impunemente, sem interferências do MPF ou da Lava Jato! Caras de pa.u!