Boi de piranha

Boi de piranha
Reprodução/YouTube/Jair Bolsonaro

“Há seis dias, realizou-se no Planalto uma reunião marcada pelo surrealismo”, diz Josias de Souza.

“Nela, Bolsonaro e um grupo de ministros fizeram uma avaliação negativa do desempenho do governo na pandemia. Atribuíram as culpas ao ministro Eduardo Pazuello. Ignoraram o fato de que o general não faz senão seguir as ordens do capitão. Participaram da conversa com Bolsonaro os ministros Paulo Guedes, Fernando Azevedo e Silva, André Mendonça e Luiz Eduardo Ramos (…).

Aos pouquinhos, Pazuello vai ganhando uma aparência de boi de piranha, aquele animal que é jogado no rio para ser comido pelas piranhas, enquanto o resto da manada escapa.”

Leia mais: Quem são os diretores da agência que darão o veredicto sobre as vacinas a serem aplicadas nos brasileiros
Mais notícias
TOPO