ACESSE

Bolsonarista que agrediu enfermeiros é terceirizado da pasta de Damares

Telegram

O bolsonarista que agrediu enfermeiros na semana passada, Renan da Silva Sena, é funcionário terceirizado da pasta de Damares Alves.

O Ministério da Mulher disse ao UOL que “pediu à empresa terceirizada a demissão de Sena e que ela teria sido concretizada em 23 de abril. Porém, a reportagem pediu e não recebeu a documentação que provasse o ato demissionário”.

O nome da empresa é G4F, e pertence a Elmo Toledo Lacerda e Matheus Falcão Lacerda. Seus contratos com o governo federal já lhe renderam 98 milhões de reais, de acordo com o Portal da Transparência.

Leia também: Bom jornalismo: sua vacina contra fake news. Imunize-se

Comentários

  • Valdomiro -

    Um funcionário de uma empresa terceirizada? Merece uma reportagem? A que ponto chegou o antagonista! Ou é só para dar uma chance para os esquerdopatas?

  • Edelson -

    Ai tem TRETA!

  • Lilia -

    Nenhuma surpresa. Surpresa seria se fosse alguém desligado do governo que virou um manicômio. Acolhe todos os loucos de pedra.

Ler 57 comentários