Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Bolsonaristas criticam passaporte de imunização exigido por Lira

Deputados aliados do presidente, como Bia Kicis e Diego Garcia, contestaram medida; servidores da Câmara devem retomar trabalho presencial na segunda, 25
Bolsonaristas criticam passaporte de imunização exigido por Lira
Foto: Pablo Valadares/Câmara dos Deputados

Sempre empenhados em bajular o chefe, deputados aliados de Jair Bolsonaro criticaram a decisão da Mesa Diretora da Câmara de exigir comprovante de vacinação para a retomada dos trabalhos presenciais na Casa.

Arthur Lira anunciou que os servidores da Câmara devem voltar às atividades presencialmente na próxima segunda-feira, 25.

Bia Kicis, que já divulgou fake news sobre vacinas —como a informação falsa de que os imunizantes poderiam alterar o DNA—, criticou a medida do presidente da Câmara, e Diego Garcia disse que vai marcar reunião com Lira para tentar reverter a decisão.

LEIA MAIS na Crusoé; assine a revista e apoie o jornalismo independente.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO