Bolsonaro acaba com cargo de porta-voz

Bolsonaro acaba com cargo de porta-voz
Foto: José Dias/PR

O governo Jair Bolsonaro decidiu extinguir o cargo de porta-voz da Presidência, ocupado desde o início do ano passado pelo general Otávio do Rêgo Barros.

A informação foi divulgada em nota conjunta da Secretaria de Governo e do Ministério das Comunicações na noite desta quarta, 26, segundo a qual o posto será desativado em um decreto “a ser publicado nas próximas semanas”.

Rêgo Barros vinha assistindo desde o fim do ano passado ao esvaziamento da sua função como intermediário entre o presidente e a imprensa.

Leia a íntegra da nota:

“Com a edição da MP 980/20, que criou o Ministério das Comunicações, toda a estrutura do Governo relativa à Comunicação foi reunida em uma mesma pasta.

Em 14 de agosto, o Decreto nº 10.462/20 estabeleceu a estrutura regimental do Ministério das Comunicações e selou a nova concentração de competências e quadro de cargos e funções no que se refere à comunicação de Governo.

Diante de toda reestruturação da Comunicação do Governo, o cargo de porta-voz da Presidência da República será desativado em novo decreto a ser publicado nas próximas semanas.”

Leia mais: 'Crusoé' revelou pagamentos da JBS ao advogado de Bolsonaro e a participação do presidente em operação em favor do grupo dos irmãos Joesley e Wesley Batista. E os repórteres seguem investigando
Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 26 comentários
TOPO