Bolsonaro ainda não pagou Butantan, mas já gastou R$ 90 milhões em remédios sem eficácia

Bolsonaro ainda não pagou Butantan, mas já gastou R$ 90 milhões em remédios sem eficácia
Reprodução/TV Brasil

O governo Bolsonaro ainda não pagou o Instituto Butantan, que já entregou quase 6 milhões de doses de vacina contra a Covid-19.

Mas já gastou quase R$ 90 milhões com a compra de remédios sem eficácia comprovada no tratamento da doença. A reportagem é da BBC Brasil.

Até hoje, os gastos da União com cloroquina, hidroxicloroquina, Tamiflu, ivermectina, azitromicina e nitazoxanida somam pelo menos R$ 89.597.985,50, segundo levantou a reportagem em fontes públicas.

Leia mais: Enquanto dezenas de países do mundo já iniciaram a vacinação contra a Covid-19, o Brasil patina entre duas vacinas.
Mais notícias
TOPO